Autor

Minha foto

Arquiteto e Urbanista, sócio fundador do escritório FAUST arquitetura em 2005, trabalhando no mercado de arquitetura, engenharia e design. Graduado pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC em 2004.Pós-graduado em Espaço celebrativo litúrgico e arte-sacra na Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia [FAJE].
Assina a autoria de 113 Igrejas, 22 salões paroquiais, 18 centros de evangelização, 5 sedes de ação social e 8 casas paroquiais, em 13 estados, 72 cidades no Brasil e no México. Além disso participou em outros projetos e obras como consultor. Ministra palestras e Cursos em Arquitetura Sacra. Escreve artigos para a revista Paróquias e Casas Religiosas de São Paulo.


CONTATO

arq.Eduardo.Faust | CAU A44041-8 | FAUST arquitetura | CAU 33490-1

■ Cel. whatsapp | 48 | 999779388 EMAIL | contato@eduardofaust.com
SITE | eduardofaust.com
■ FACEBOOK | facebook.com/FAUST.eduardo

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

■ Quero um edifício que gaste pouca energia elétrica. Como faço?


A palavra de ordem para arquitetura do século XXI é: sustentabilidade; vemos uma preocupação grande de vários setores produtivos, o da construção civil não fica de fora.

Focando na questão eficiência energética vemos trabalhos sérios, mas também oportunistas pelo marketing ecológico. A ação institucional para que se possa mensurar tal aplicação é o programa brasileiro de etiquetagem do Inmetro.

Conversei com a Arquiteta Marina Vasconcelos sócia fundadora da empresa Vertes, pioneira em assessoramento para a obtenção do certificado de eficiência energética. Ela explica como funciona o sistema de certificação:

As edificações residenciais e comerciais fazem parte do Programa Brasileiro de Etiquetagem do Inmetro. Através deste programa, edifícios são avaliados e é fornecida uma etiqueta que indica o nível de eficiência do edifício, que pode variar de nível “A”, mais eficiente, a nível “E”, menos eficiente (equivalendo ao que atende menor número de exigências do Inmetro).
Didaticamente, afirma-se que, assim como diferentes eletrodomésticos possuem uma etiqueta indicando seu nível de eficiência energética, de maneira análoga, as edificações terão uma etiqueta equivalente, que indicará o resultado das avaliações de seu projeto arquitetônico, do sistema de iluminação, do sistema de condicionamento de ar, do sistema de aquecimento de água. Inicialmente, este regulamento terá um caráter voluntário para edificações novas e existentes, mas há previsão de que no futuro será obrigatório às novas edificações.

Para as edificações comerciais, de serviços e públicas, a etiqueta indica o nível de eficiência da envoltória (fachadas e coberturas, incluindo aberturas envidraçadas), do sistema de iluminação e do sistema de condicionamento de ar. Ela pode ser fornecida integralmente, ou em partes separadas: envoltória, envoltória + sistema de iluminação ou envoltória + sistema de condicionamento de ar. Tendo as três partes, recebe-se a etiqueta completa.
■ AlphaBusiness | Primeira certificação nível A do estado de SP
Para as edificações residenciais, a etiqueta avaliará as unidades habitacionais autônomas, as edificações residenciais multifamiliares como um todo e as áreas de uso comum do empreendimento. Nas unidades habitacionais autônomas os principais pontos analisados serão a envoltória e o sistema de aquecimento de água. Já nas edificações multifamiliares os pontos resultarão da ponderação da avaliação das suas unidades autônomas e da avaliação da área externa.

A avaliação do nível de eficiência energética do edifício é composta de duas etapas: etapa de avaliação de projeto, pela qual se identifica o nível de eficiência do edifício projetado, e etapa de avaliação do edifício, oportunidade em que o edifício já construído é inspecionado para verificar se as características do projeto foram atendidas

■ Matéria do Jornal Nacional | Link do Video
■ Materia da Revista Construção e Mercado | revista.construcaomercado.com.br


Um comentário:

  1. Excelentes dicas de consumo e profissionalismo.


    Visite-nos também: www.decori.com.br/blog

    DECORI

    ResponderExcluir